INVESTIR EM ISRAEL
INVESTIR EM ISRAEL BONDS

Israel Hoje

  • Num artigo da Forbes de 1 de Junho de 2014 com o título "As Dez Empresas de Tecnologia da Saúde que Estão a Mudar o Mundo" metade das empresas indicadas eram Israelenses.
  • * A exportação de Israel cresceu 16,000 porcento desde que a nação declarou a independência em 1948.
  • A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) indica que Israel lidera todas as nações de OCDE quanto a Investimento em P&D, com o P&D a representar 4.38 porcento do PIB de Israel. A média da OCDE é de 2.88 porcento.
  • De acordo com um artigo recente de Forbes, existem hoje mais de 4,800 startups em Israel.
  • O Relatório de Concorrência Global 2012-2013 do Fórum Econômico Mundial observa que "os pontos fortes principais (de Israel) continuam a ser a sua capacidade de nível global para a inovação, que está assente em empresas altamente inovadoras que beneficiam da presença das melhores instituições de pesquisa mundiais direcionadas para as necessidades do setor empresarial."
  • A população de Israel está agora nos 8.18 milhões. No momento da sua independência, a população de Israel era de pouco mais de 600,000
  • As vendas a nível mundial desde que as primeiras Israel Bonds foram emitidas em 1951 ultrapassaram agora os U$36 Bilhões.
  • A Missão de Israel na ONU lidera em promover o empoderamento das mulheres, a igualdade de gêneros e os direitos das pessoas portadoras de deficiência.
  • Numa cerimônia em Genebra, em Janeiro, Israel foi admitido como membro integral da Organização Europeia para Pesquisa Nuclear conhecida como CERN, que está centrada na operação do maior laboratório mundial de física de partículas.
  • Num relatório de Dezembro de 2013 sobre a economia de Israel, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) afirmou: "O crescimento da produção de Israel permanece relativamente forte, o desemprego está a níveis historicamente baixos, o seu setor de alta tecnologia continua a atrair a admiração internacional e os novos campos de gás offshore alcançaram a sua produção estabelecida."
  • No dia 29 de Novembro de 2013, a Fitch reafirmou a sua classificação "A" para Israel e elevou a sua visão geral para "positiva". Especificamente, a Fitch mencionou a diminuição da taxa entre a dívida/PIB e elogiou o "desempenho fiscal positivo" de Israel." As classificação atuais para Israel incluem um A+/ Estável (Standard & Poor’s) e um A1/ Estável (Moody's). O ExMinistro das Finanças Yair Lapid chamou aos investidores em Israel Bonds (que eles próprios não possuem classificação) "acionistas" de Israel.

Um Líder Mundial em Inovação

Israel é um líder tecnológico reconhecido pelas tecnologias criativas. De acordo com o Índice Global de Competitividade do Fórum Econômico Mundial, os pontos fortes principais (de Israel) estão na sua capacidade de nível global para a inovação, que está assente em empresas altamente inovadores que beneficiam da presença das melhores instituições de pesquisa mundiais direcionadas para as necessidades do setor empresarial."

Israel está classificado*:

  • O primeiro a nível global em qualidade de instituições de pesquisa
  • O oitavo a nível global em termos de disponibilidade de capital de risco
  • O oitavo a nível global quanto à força da proteção ao investidor

Israel é um líder mundial em P&D, tendo a taxa mais elevada de despesa em P&D como percentagem do PIB (4.38 porcento em 2012).**

Warren Buffett tem aclamado Israel por ter uma "quantidade desproporcional de cérebro e energia."  (Março de 2013)

*Índice de Competitividade Global do Fórum de Economia Global 2013-2014
** Ministério das Finanças de Israel, Janeiro de 2014